Como fazer o uso correto das muletas?

out 08

Como fazer o uso correto das muletas?

Na nossa prática observamos muitas pessoas com dúvidas em como usar, que altura usar e em qual lado usar a muleta. Antes de esclarecer, é importante sempre pedir a orientação do seu fisioterapeuta, ele é a pessoa mais indicada para esclarecer todas essas dúvidas e dar mais segurança no manejo.

Então vamos lá!

Algumas pessoas tem indicação para uso de um ou duas muletas, depende muito da situação e da lesão que ocorreu. Pois bem, a muleta ou até mesmo a bengala deve ser usada na sua lateral e ter uma distância de pelo menos 10 centímetros da parte lateral do pé, para evitar quedas ou tropeços durante a deambulação. É importante também regular a altura das muletas para evitar que surjam dores ou desconfortos em outras regiões do corpo. O ideal é que a parte do apoio das mãos esteja na mesmo altura do quadril, assim evitamos compensações posturais na hora da deambulação.

Quando se faz o uso de uma muleta ou bengala esta tem de ser usada no lado contralateral ao da lesão, ou seja, se usa no lado bom. Isso faz com que não se sobrecarregue o lado no qual está lesionado. Na hora de caminhar, o primeiro passo deve-se colocar a perna lesionada a frente junto com a muleta ao mesmo tempo, assim a muleta já serve de suporte e sustentação do peso corporal.

Se estiver fazendo o uso de duas muletas então estaremos frete a duas situações: A primeira, você não pode fazer apoio do membro lesionado ao chão, então pode ser usada as muletas normais, chamadas muletas canadenses ou as muletas axilares na qual terá apoio debaixo do braço, novamente as mãos devem estar na altura do quadril. Tanto uma quanto a outra, recomenda-se que o primeiro passo dado seja com a perna boa enquanto a lesionada está no suporte das muletas e levemente dobrada.

A segunda situação é quando você já está liberado para apoio parcial do membro lesionado, então utilizamos as muletas canadenses para deambular. Inicialmente poderá iniciar a deambulação com duas muletas e com a orientação do seu fisioterapeuta vai sentir mais segurança sobre o quanto apoiar o membro, aos poucos e a medida de sua recuperação já não será mais necessário utilizar duas muletas assim passando para uma e depois não sendo mais necessário.

E como faço para subir e descer degraus com muletas?

Outra dúvida que ouvimos muito e nada melhor que seu fisioterapeuta para auxiliar e ensinar você. Vamos dividir em uso de uma muleta e uso de duas muletas, assim fica mais fácil a compreensão.

Para subir as escadas com uma muleta, como já vimos, a muleta sempre ao lado contralateral à lesão, assim apoiamos primeiramente o pé sadio juntamente com a muleta para depois o lesionado subindo assim um degrau de cada vez sem pressa. Para descer realizamos o movimento contrário, primeiro o pé lesionado com a muleta e depois o pé sadio, descendo cuidadosamente.

Agora se você está fazendo o uso de duas muletas, para subir as escadas deve-se primeiro subir o degrau com a perna sadia mantendo as duas muletas no degrau de baixo, logo após colocar as muletas no mesmo degrau que a perna sadia e eleva a perna lesionada. Se for descer as escadas, manter a perna lesionada esticada para frente assim evitamos quedas e temos maior equilíbrio, coloca-se as muletas no degrau abaixo e descemos com a perna sadia.

Cuidado sempre ao descer, não alternar as muletas ao descer e sempre fazer os movimentos com calma. Uma dica final é sempre cuidar as borrachinhas dos pés das muletas, troque assim que estiverem com sinal de desgaste, isso pode levar a quedas.